Ter patrimônio familiar acumulado significa adotar certas medidas para adquirir um bom número de bens. Veículos, imóveis e títulos são alguns exemplos comuns, e geralmente é preciso dedicar algum tempo para que o valor do montante seja alto. Para tanto, quem deseja se dedicar a isso precisa aprender a economizar e a aplicar corretamente seu dinheiro.

Em tempos de crise, essa movimentação é mesmo delicada. Contudo, quem mantém o foco nesse propósito consegue driblar os obstáculos e conseguir uma quantia satisfatória que beneficie a família no futuro. Isso inclui até mesmo tomar providências em relação a seu orçamento pessoal do momento, para que se colham frutos positivos mais tarde.

Mas você realmente sabe por que é tão importante reunir patrimônio e como fazer isso do jeito certo? Este artigo pode ajudar a clarear alguns pontos para que você comece a inserir boas práticas em seu dia a dia. Confira!

Quais são as vantagens do patrimônio familiar?

Acumular patrimônio familiar assegura alguns benefícios que vão muito além de riqueza e bens. Os mais importantes são:

Estabilidade financeira

O patrimônio contém bens móveis e imóveis. Sendo assim, essa é uma forma de garantir tranquilidade para sua família no futuro. A partir de uma certa idade, fica mais complicado encontrar um emprego, e é fundamental ter uma renda fixa para sobreviver que vá além da aposentadoria. Você poderá aproveitar esse momento sem maiores preocupações financeiras e terá economias até mesmo para lazer e viagens.

Menos gastos fixos

Livrar-se de despesas fixas é essencial para liberar orçamento. Por exemplo, se você tem que lidar com aluguel, o mais indicado seria comprar um apartamento. De fato, não é algo simples de fazer, mas, com o planejamento correto, é possível. Consórcio ou financiamento são parcelas fixas, mas terminam em algum momento e asseguram seu patrimônio, o que não ocorre com aluguel.

Segurança para a família

Ter bens acumulados é uma forma de garantir segurança para você e sua família em momentos difíceis que possam surgir. Se um impasse financeiro acontecer, você pode trocar imóveis ou automóveis por outros de valor menor, sem perder o bem. Resgatar investimentos é outra opção, afinal, nunca sabemos quando a crise pode se intensificar.

Quais investimentos garantem sua solidez?

Para se tornar sólido, o patrimônio familiar depende de bons investimentos, mas como materializá-los? Veja algumas maneiras de alcançar esse feito.

Produza renda passiva

Renda passiva significa deixar seu dinheiro trabalhar por você. O exemplo mais clássico dessa modalidade é a compra de imóvel e sua disponibilização para aluguel. Você terá uma renda garantida mensalmente que não é fruto de seu trabalho. A aquisição de títulos públicos também se encaixa nesse tópico, desde que se escolha bem aquele em que se investirá.

Invista com foco no longo prazo

É importante pensar longe, inclusive para que seu dinheiro renda a longo prazo. Investimentos dessa natureza costumam ter menos impostos e taxas, além de maior rentabilidade. Em suma, quanto mais tempo seu dinheiro permanece investido, maior será a quantia final. Não deixe de pesquisar a respeito de seu perfil investidor e como fazer aplicações conscientes. Uma consultoria especializada pode ajudar bastante nesse sentido.

Como acumular esse patrimônio?

Acumular patrimônio familiar depende de duas ações: poupar e adquirir. Mas isso só é possível se outros fatores puderem ser colocados em prática, para um direcionamento mais preciso de seus objetivos. Aqui estão algumas sugestões.

Crie planejamento financeiro

Para começar, é indispensável se dedicar a um planejamento financeiro consistente. Controlar as finanças ao longo da vida é o que permite destinar uma quantia para iniciar a construção de um patrimônio familiar, então tenha isso em mente para não desistir.

Utilize planilhas e aplicativos para controlar e elencar gastos, de forma a separar 20% de sua renda para aplicar no patrimônio. Se preciso for, procure por um profissional da área, como assessores de investimento ou consultores financeiros, para auxiliar nesse momento e fornecer uma orientação mais precisa, de acordo com a realidade do seu orçamento.

Elimine dívidas

Em algumas situações, é complicado não ter uma dívida em aberto. Se você tem um consórcio ou parcelamento, por exemplo, ele demora um pouco mais a ser eliminado.

O uso do cartão de crédito é mais simples e fácil de controlar, assim como o cheque especial. Evite-os na medida do possível, quite empréstimos e renegocie se preciso. Aos poucos, você conseguirá reajustar as finanças de maneira satisfatória.

Guarde dinheiro

Economizar é a palavra de ordem! Não realize compras impulsivas, pesquise preços, troque marcas e, se preciso for, adie aquela aquisição para um momento mais propício. Fazer uma listinha de suas necessidades ou desejos mensais ajuda bastante a visualizar o que é essencial e o que pode esperar, além de saber exatamente o que repor dentro de casa com maior urgência.

Por fim, não se esqueça: se puder, compre à vista! Aquelas parcelas podem fazer a diferença ao final do mês e aliviar bastante qualquer aperto que você já tenha passado.

Reduza gastos mensais

Você realmente precisa de tudo o que tem? Usa tudo o que compra? Pense bem: com certeza, você pode diminuir a quantidade de canais do pacote de TV a cabo, escolher um plano de celular mais econômico e parar de comer fora ao levar um lanche ou almoço de casa. Ter esses cuidados pode render exatamente o dinheiro que agora falta para iniciar seu patrimônio familiar.

Sem dúvidas, construir patrimônio familiar é um pouco demorado para quem pretende iniciar o processo agora, mas, com planejamento e cuidado financeiro, aos poucos, o retorno acontece, e seus rendimentos possibilitarão a compra de imóveis e demais bens. Tudo de um jeito inteligente, consciente e sem excessos.

Por último, mas não menos importante, não se esqueça de sempre levar em conta o seu padrão de vida para realizar qualquer movimentação financeira. É essencial tomar decisões com parcimônia, afinal, a solução não é ostentar, e sim manter tudo aquilo que você conquistou.

Deseja se aprofundar no assunto para investir da melhor forma possível? Então, descubra agora como ganhar dinheiro com investimentos em 2019 e boa sorte!