O ano de 2018 foi bem positivo para quem decidiu investir na bolsa de valores. O Ibovespa, principal índice da B3, avançou 2,84% nos últimos dias do ano. No ano, a valorização somou mais de 15%, o que consolidou o terceiro ano consecutivo de alta.

Por isso o mercado acredita que em 2019, a expectativa de alta é maior que nos anos anteriores. Os movimentos internos e externos fazem com que esse investimento se destaque como uma oportunidade de conseguir desempenho elevado.

Portanto, para se ter uma ideia clara do que esperar, trouxemos as principais informações para que você defina a sua estratégia. Continue a leitura e saiba por que investir na bolsa de valores em 2019.

Quais são as expectativas para investimento em ações?

Após uma longa crise econômica, a expectativa de crescimento para o Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro em 2019 é de 1,95%. Isso representa um avanço acima dos últimos dois anos, de 1% e 1,1% em 2017 e 2018, respectivamente.

Esse otimismo aumenta a solidificação dos empreendimentos, que passam a ter maior robustez de atuação. Na prática, isso significa a retomada de investimentos e crescimento para vários setores, o que dá origem a um aumento no rendimento das ações nas empresas de capital aberto.

Também podemos dizer que existe um otimismo em relação ao cenário político. A aprovação de novas reformas e a realização de ajustes fiscais aumentam a segurança no mercado interno e aquecem esse investimento. Apesar de que, atrasos na aprovação e desalinhamento do Executivo com Legislativo pioram o cenário.

Somado a isso, está o histórico positivo de resultados da renda variável. Há a perspectiva que a bolsa possa alcançar até 150 mil pontos em 2019, o que indica um ótimo momento de diversificar sua carteira de investimentos.

Como os especialistas indicam investir na bolsa em 2019?

Investir em ações sempre é indicado para quem tem perfil moderado ou agressivo. É a classe de ativo ideal para diversificação de risco e retorno de uma carteira de investimentos. Por alguns motivos: historicamente é o investimento com maior retorno dentre as classes de ativos e tem características mistas que agradam gregos e troianos, como pagamento de dividendos e exposição à economia real.

Diante de um cenário com boas previsões, profissionais do ramo já têm suas principais escolhas para aproveitar o bom momento. As estatais se destacam pelo fato da possibilidade de privatizações e menos intervenção do governo na gestão das empresas. Graças ao lucro líquido de mais de R$ 25 bilhões da Petrobras em 2018, por exemplo, as ações dessa empresa voltam a se tornar interessantes. Também há aquelas que estão ligadas às possibilidades de privatização, como a CEMIG em Minas Gerais, o que aumenta o interesse.

Diante de um cenário econômico favorável, os bancos oferecem mais crédito e conseguem melhores resultados. Como os três maiores bancos privados lucraram quase R$ 60 bilhões em 2018, a expectativa é grande para 2019. Exatamente por isso, as previsões de crescimento de carteira de crédito e margem financeira das instituições apontam crescimento acima do PIB.

Entre outros setores que prometem experimentar uma reação em uma economia aquecida estão os de serviços, varejo e o mercado imobiliário. Então, exposição aos setores também é recomendado para aproveitar o movimento.

Quais são os tipos de investimentos em ações mais indicados?

Engana-se quem pensa que investir na bolsa de valores só é ideal para quem tem muito conhecimento sobre o mercado. E tão pouco é uma escolha voltada apenas para quem tem um perfil de investidor arrojado ou que aceita grandes riscos.

Um iniciante ou um poupador tem a oportunidade de aplicar em fundos de investimentos, como os fundos de ações. Como é um tipo de produto gerenciado por um time dedicado e profissional, há a chance de obter bons resultados. Além de ser mais prático e fácil de executar.

Já quem tem um pouco mais de experiência e quer sentir como o mercado na “pele” e está disposto a correr riscos maiores pode investir na compra de ações diretamente. O rendimento acontece tanto pela distribuição de lucros como pela venda das ações com lucro.

Por falar nisso, outra alternativa também são operações de curtíssimo prazo, como o day trading. A negociação, feita no mesmo dia, aproveita oscilações de mercado e é ideal para quem é arrojado e profundo conhecedor desse tipo de estratégia.

Investir na bolsa de valores em 2019 promete ser uma das mais fortes tendências de investimentos do ano. Com o mercado aquecido e otimismo com o Brasil, é a hora de considerar incluir essa alternativa em seu portfólio para obter resultados melhores.

Então, conta para gente o que você acha dessa opção para aplicar o seu dinheiro? Use os comentários e participe da nossa conversa!